FUNDAÇÃO

Foi em 14 de Maio de 1942 que se juntaram cinco companheiros e amigos para oficializar a fundação do então  "Grupo Campista Estrela". Eram o Jaime da Cruz, o Carlos dos Santos Martins, o Manuel Martins, o José Botas e o Jaime Grandela de Carvalho. E foi precisamente em casa do Jaime da Cruz que se formalizou a primeira sede do agora Clube Estrela. Pelo facto da sede ser na Estrela, em Lisboa, o grupo acabou por ficar com esse nome. Nem um ano depois, estes "carolas" fizeram o primeiro e, que se saiba único, "acampamento-exposição-divulgação" no Jardim da Estrela.

Em 1946, depois da fundação da Federação Portuguesa de Campismo, esta impediu o grupo de utilizar a designação "campista", passando então o Estrela a denominar-se "Grupo Excursionista Estrela", uma solução bastante criativa à data.

Logo em 1947 iniciou-se a publicação do primeiro Boletim mensal do Clube, impresso que, por imposição governamental, não durou mais que 8 meses. Ainda nesse ano, o Clube passou a adotar o nome de "Grupo Estrela", deixando cair a palavra "excursionista".

Em 1949 o Estrela fez-se representar pela primeira vez num acampamento internacional, o "X Rally Internacional", realizado em França.

No decorrer do ano de 1951, foi criado um grupo coral no Estrela que apresentou a "Marcha do Estrela", de autoria do saudoso João Saldanha, que ficou até aos dias de hoje como hino do Clube Estrela.

PARQUE

Inicialmente sem um local fixo para acampar, as reuniões do Clube eram feitas em casas-abrigo, sendo a primeira situada no Alto da Raposeira, na Trafaria, e a segunda e última na Serra da Amoreira, em Caneças. A partir de 1961, e durante alguns anos, o Clube de Campismo de Lisboa concedeu taxas especiais aos sócios do Grupo Estrela no seu parque de campismo da Costa da Caparica, local onde muitos dos então mais de 200 sócios passaram a acampar, sem ainda assim deixarem de reunir na casa-abrigo da Amoreira.

Só em 1968, mais de 25 anos depois da sua fundação, o Grupo Estrela conseguiu o estatuto de clube campista, passando então a designar-se "Clube Estrela - Campismo e Caravanismo".

Muitos eventos, acampamentos e organizações depois do início do Clube, rapidamente se tornou insuficiente a casa-abrigo de Caneças e urgia uma solução mais duradoura e estável. O Clube Estrela precisava de um parque de campismo!

Em 1970 nasceu a decisão e daí  foi apenas um passo para a concretização do sonho dos então determinados gestores do Clube.

Em 3 de Julho de 1971 foi inaugurado o espaço que viria a ser mais tarde o Parque de Campismo do Clube Estrela na aldeia do Sobreiro, concelho de Mafra.

ATÉ AO PRESENTE

Depois de várias alterações ao então Boletim Estrela, em 1975 nasceu o "Traço de União" que passou a ser, desde então, a publicação oficial do Clube. Também neste ano o parque de campismo começou a ganhar forma, já com uma sala de convívio, uma vedação, uma  bomba submersível e rede distribuidora de água, um reservatório, dois sanitários e uma rede subterrânea de distribuição de eletricidade.

Só em 1976 foi feita a escritura do parque de campismo e, nesse mesmo ano, o primeiro acampamento neste espaço para promoção do mesmo.

Já a crescer de forma sustentada, o Clube Estrela vira-se para a juventude e é em 14 de Setembro de 1985 que é inaugurada uma sala dedicada aos mais jovens, nascendo então a Juventude Estrela.

Em 1986 o Clube Estrela paga a última prestação do empréstimo contraído para aquisição do parque de campismo, passando então este a ficar finalmente de posse do Clube e sem quaisquer encargos. No entanto só bem mais tarde, em 8 de Outubro de 2016, é que o parque de campismo obteve finalmente a sua licença de utilização, ficando finalmente completamente legalizado, o que foi alvo de grande regozijo e razão mais que suficiente para uma festa de reinauguração.

A designação atual mais simplificada, "Clube de Campismo Estrela", foi escolhida na revisão dos estatutos de 2001. Mais tarde, em Março de 2012, o Clube Estrela alterou a sua sede de Lisboa para Mafra, mais especificamente para o parque de campismo, ficando assim em instalações próprias e deixando os espaços alugados lisboetas.

O FUTURO
A história do Clube Estrela, aqui brevemente descrita, é construída como fruto do trabalho e persistência de muitos. É com a responsabilidade de honrar este esforço de décadas que quem gere o Clube Estrela hoje ou no seu futuro tem que lidar e seguramente o fará. Porque o Clube Estrela, hoje e sempre, é sinónimo de Campismo e Companheirismo!

A NOSSA HISTÓRIA

© 2017 Clube de Campismo Estrela